O tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol julgou na tarde de ontem na sede da FPF em São Paulo, a confusão envolvendo os torcedores do Comerical Futebol Clube e alguns torcedores do Sertãozinho. E o Tribunal decidiu por absolver o Sertãozinho Futebol Clube por qualquer responsabilidade sobre o ocorrido, nem o clube e tão pouco a sua gloriosa torcida, que no dia do fato acabou sendo vitíma de torcedores do Comercial, foram culpados pelo inscidente. A decisão foi publicada na tarde desta terça-feira dia 20, no site da FPF.

Na decisão o time de Ribeirão Preto, recebeu multa de R$ 400,00 pelo artigo 213-I – Deixar de tomar providências capazes de previnir e reprimir, desordens em praças de desporto – o Sertãozinho também havia sido citado neste artigo porém foi absolvido, com isso no entendimento do Tribunal, o time de Ribeirão e sua torcida foram os responsáveis pelo tumulto que ocorreu no último dia 10 de agosto.

O Departamento Jurídico e a Secretaria do Sertõzinho Futebol Clube trabalharam intensamente nos últimos dias neste julgamento, e foi cedido a Federação Paulista de Futebol toda a documentação pedida, taís como, os ofícios solicitanto o policiamente no local e os comprovantes de taxas da PM, pagos, demonstrando além de uma exemplar organização o respeito com a entidade.

No mesmo julgamento o Sertãozinho foi multado em R$ 250,00 pelo artigo 206, que é de atraso ao reiniciar a partida.

Comentários

Deixe uma resposta