Quando a oportunidade bate na porta, é sempre bom estar atento para não correr o risco de ela escapar. E é buscando não correr esse risco, que o goleiro Matheus Tolentino, de 23 anos, projeta a titularidade no retorno ao time da cidade onde nasceu e cresceu: o Sertãozinho.

“Estou pronto pra encarar mais uma etapa da minha carreira. Se eu continuar fazendo bom trabalho, terei mais visibilidade e destacarei em minha cidade”, afirmou.

Formado nas categorias de base do Touro dos Canaviais, Tolentino começou a treinar aos 13 anos e, em 2009, disputou o primeiro campeonato com a camisa grená.

“Tive boas estruturas com os treinadores de goleiros. No estadual, o técnico Serrão e o preparador Chibarro assistiram a um dos meus jogos e me levaram para treinar no time principal”, contou Tolentino, que acumula passagens pela base do Botafogo, Comercial, Olé Brasil e Votuporanguense.

Já como profissional, o goleiro teve a primeira oportunidade durante a Copa Paulista de 2013, sob o comando de Wantuil Rodrigues. Depois, passou pelo futebol mineiro e voltou ao Estado de São Paulo, para defender o Jaboticabal.

No Paulista da Série A2 de 2017, o goleiro integrou o elenco grená nos treinamentos, mas não chegou a ser inscrito na competição. Agora, no retorno ao clube, será um dos três arqueiros do Touro em busca do acesso à elite do Paulistão.

“Sabemos que a cobrança é maior por ser prata da casa. Já tivemos outros atletas que passaram por essa situação e eles sabem como é. Todo mundo te conhece, te cobra mais”, disse o goleiro, que até os cinco anos de idade jogava como meia-esquerda em uma escolinha.

“Um dia o goleiro faltou e eu fui substituir. Fiz boas defesas, fiquei empolgado e não troquei mais de posição”, contou.

Matheus Tolentino e os outros atletas do elenco sertanezino para a Série A2 de 2018 devem se apresentar na segunda semana de novembro. O estadual, no entanto, começa no dia 17 de janeiro.

Comentários

Deixe uma resposta