< Voltar
Foto: Luciano André / Sertãozinho F.C.

O preparador físico do Touro dos Canaviais, André Ferreira, fez um balanço da primeira semana de atividades com os jogadores do Sertãozinho. “A preparação está indo muito bem, os atletas estão respondendo bem aos treinamentos, com muita concentração, empenho e comprometimento, cientes da responsabilidade e dos objetivos que o clube almeja que é o acesso", comentou André Ferreira.

Ao longo dessa semana, o elenco grená passou por diversas avaliações físicas, como por exemplo, exercícios funcionais, sessões de força, resistência aeróbica e treinamentos técnicos - tudo para estarem em condições para a disputa do Campeonato Paulista da Série A2 de 2019.

"Realizamos alguns testes físicos, como os testes de saltos verticais (força muscular) e o YO-YO IR2 (resistência especifica)", explicou o preparador físico do Touro.

Sobre a avaliação física dos jogadores, os resultados dos testes ficaram dentro do que era esperado para um início de pré-temporada como ressalta André Ferreira. "Os resultados foram satisfatórios dentro do que se espera para um início de trabalho. Através dos resultados, conseguimos individualizar os treinamentos e ter um conhecimento maior do grupo de atletas e saber quais as capacidades os atletas necessitam melhorar", explica.

E cada atividade desenvolvida pelo preparador físico do Sertãozinho tem a ideia de jogo do técnico Cléber Gaúcho, como revela André Ferreira. "Os primeiros trabalhos que estamos realizando são: treinamentos de força, treinamentos funcionais e os treinamentos de resistência aeróbia através de jogos reduzidos buscando a especificidade do futebol e baseado nas ideias de jogo que o nosso treinador Cleber Gaúcho pensa para a equipe".

Para buscar o melhor condicionamento de cada jogador grená, o preparador físico do Touro explica que os treinamentos de força estão sendo individualizados, priorizando a biologia de cada atleta. "As cargas de treinamento estão sendo controladas da seguinte maneira: os treinos de força estão sendo individualizados, ou seja, estamos priorizando a individualidade biológica de cada um controlando o peso utilizado nos treinamentos de força, número de repetições e séries". Já os trabalhos que contemplam a resistência aeróbia são realizados através de jogos reduzidos. "Estamos controlando através da, PSR,PSE, tamanho do campo, número de jogadores, regras dos jogos além da frequência cardíaca, ações de alta intensidade e distância percorrida baseados nos dados que o GPS nos fornece", revela André Ferreira.

Sobre o Campeonato Paulista da Série A2, o preparador físico do Touro, destaca a importância de um bom preparo para enfrentar partidas que, na maioria das vezes, são de grande intensidade e exigem mais dos atletas. “A série A2 exige sim um grande preparo, pois a intensidade dos jogos vem aumentando a cada ano que passa. Acreditamos que através da nossa metodologia de trabalho que visa uma organização e um rígido controle dos treinamentos vamos estar preparados para cumprirmos as funções dentro de campo e suportamos a intensidade que a competição exige", finaliza André Ferreira.

É importante lembrar que a pré-temporada grená começou na terça-feira, dia 20/11.