< Voltar

A manhã deste domingo (4) reserva boas emoções para os torcedores do Sertãozinho Futebol Clube. Diante do Juventus, tradicional clube de São Paulo, fora de casa, o Touro tem a chance de emplacar a terceira vitória consecutiva na Série A2 e colar, ou até mesmo entrar, no G4 da tabela.

Para o duelo, o técnico Ruy Scarpino tem praticamente todo o elenco à disposição, com exceção do goleiro Márcio, que se recupera de uma lesão no joelho.

Durante a semana, o comandante sertanezino teve todos os dias livres para traçar a estratégia para este jogo, já que não ocorreram paridas na quarta-feira. As duas vitórias seguidas na competição, segundo ele, fizeram a confiança dos jogadores aumentar.

Apesar do bom momento, o técnico projeta um duelo difícil e equilibrado contra o Moleque Travesso.

“Sabemos que a partida contra o Juventus não será fácil. Jogaremos em um campo pequeno estamos ajustando a nossa formação para conquistar um bom resultado lá. Estamos crescendo”, diz.

O jogo, que integra a quinta rodada do estadual, está marcado para as 10h, no Estádio Conde Rodolfo Crespi, a rua Javari. A partida será transmitida pela Rádio Comunitária FM (87,5) e Total FM (106,1).

Curiosidades

O último confronto entre as duas equipes aconteceu no ano passado, quando o Touro empatou com Moleque Travesso, por 0 a 0, no Fredericão. A partida, válida pela sexta rodada da Série A2 marcou a reestreia de José Carlos Serrão no comando do Sertãozinho, no dia 18 de fevereiro.

Na Rua Javari, os dois times não se enfrentam desde o dia 22 de março de 2014, quando o Juventus venceu o Touro por 3 a 1, pela 14ª rodada da Série A3.

O torcedor grená tem boas lembranças do estádio de Mooca. Há 46 anos, o Sertãozinho conquistava o primeiro título no estadual, um ano após de ser profissionalizado. O Touro venceu o Rio Claro e levou o caneco da Segunda Divisão do Paulista (atual Série A3) de 1971, com as finais jogadas em 27 de fevereiro e 5 de março de 1972, no mesmo estádio. O placar foi 1 a 0 para o Sertãozinho nos dois jogos.

Arbitragem

O confronto entre Juventus e Sertãozinho deste domingo tem a arbitragem do experiente Luiz Flávio de Oliveira, que apitou a final da A3 de 2016, entre Sertãozinho e Rio Preto. O assistente número 1 é Risser Jarussi Corrêa e a número 2 é Fabrini Bevilaqua Costa. O quarto árbitro é Daniel Carlos Luciano Fernandes.